Os primeiros poços perfurados no Rio Grande do Norte, nos municípios de Grossos e Macau, por volta de 1956, tinham como objetivo estudar as possibilidades de existência de petróleo, que justificasse a exploração nessa área, que veio a ser chamada de Bacia Potiguar.

Em 1973, descobre-se na plataforma continental em águas do mar. em frente a Guamaré. o poço Ubarana. Em 1979, descobre-se um poço em áreas do Hotel Termas em Mossoró com este constatação de que o petróleo dos terrenos da ida do Apodi localiza-se em uma camada de is chamadas Arenito-Açu. A partir destas situações, a Petrobras intensi-ica as pesquisas e os investimentos na Bacia ar que abrange áreas dos municípios de Mossoró. Gov. Dix-Sept Rosado. Apodi, Felipe Guerra, Caraúbas, Upanema, Açu, Serra do Mel, Areia branca, Carnaubais, Grossos, Tibau, Porto do Mangue, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Guamaré e os municípios cearenses de Aracati c Icapuí.

Hoje, o Rio Grande do Norte é o 3° maior produtor de petróleo do Brasil, com uma produção em 2011 de 21,4 milhões de barris. O Estado do Rio de Janeiro, ocupa o 1° lugar nesse ranking de produção de petróleo.

A planta industrial de Guamaré já se caracteriza como uma micro-refinaria, pois já produz o gás de cozinha (GLP – Gás Liquefeito de Petróleo) consumido no Rio Grande do Norte, além do óleo diesel também consumido no nosso Estado.

A Petrobrás tem uma participação importante na economia do Estado, quer seja através da arrecadação de impostos, como é o caso do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Os municípios que mais recebem royalties são Guamaré, Mossoró e Macau.

Uma outra participação importante da Petrobrás na economia do nosso Estado pode ser mensurada através da geração de emprego e renda.

Hoje a produção no RN reflete o declínio natural”.

Fonte: Economia Rio Grande do Norte – Estudo Geo-Histórico e Econômico – José Lacerda Alves Felipe, Aristotelina Pereira Barreto Rocha, Edilson Alves de Carvalho – Editora Grafset