Após Oito meses de adiar o anúncio sobre qual capital receberia o centro de conexões de voos do Nordeste pa­ra o primeiro semestre deste ano, a companhia a Latam resolveu,suspender  a data de implantação do empreendimento. O enfraquecimento da demanda de passageiros, aliados à situação financeira da companhia, pesaram para a decisão atual.

Mesmo a empresa informando que o estudo de viabilidade do projeto segue no plano de investimentos, o grupo Latam assume que o momento atual para investir é delicado. Devido à situação macroeconômica do Brasil, que tem registrado queda significativa na demanda durante os últimos meses, e com baixa perspectiva de retomada de crescimento num curto prazo, somado às indefinições de infraestrutura, a escolha da cidade que poderá receber o HUB será feita em um momento mais adequado, ainda sem data definida”, são os argumentos divulgados pela Latam por meio de nota. No ano de 2015, a Latam Airlines amargou prejuízo de US$ 219,2 milhões, o que fez reduzir o seu plano de aquisição de aeronaves para os próximos três anos.

O RN disputava o HUB com o Ceará e Pernambuco. Os três estados aguardavam uma decisão da companhia  desde 2015.