Cinco municípios do estado Rio Grande do Norte, localizados no interior, passam a integrar a Rota da Falésias, o roteiro turístico que envolvem oito municípios do litoral leste do Ceará. Entre os principais cartões-postais cearenses estão as praias do Porto das Dunas, Prainha, Águas Belas, Morro Branco, Praia das Fontes, Pontal de Maceió, Canoa Quebrada, Redonda e Peroba.

A Rota das Falésias antes formada com os municípios cearenses de Aquiraz, Eusébio, Pindoretama, Cascavel, Beberibe, Fortim, Aracati e Icapuí. Com a integração de Mossoró, Areia Branca, Grossos, Tibau e Porto do Mangue, o roteiro passará a ser formado por 13 municípios.

Cavernas, águas termais, sítios arqueológicos, serras, eventos culturais, salinas, campos de petróleo, e também dunas, praias e falésias, são os atrativos que passam a somar a Rota das Falésias. Com a integração do roteiro, os tradicionais atrativos cearenses, como as dunas e falésias de Morro Branco e Canoa Quebrada, juntam-se do lado potiguar, além das praias também emolduradas por dunas e falésias, as águas termais de Mossoró.

A participação da Câmara Setorial do Turismo da ACIM – Associação Comercial de Mossoró, convocou e reuniu a Secretária de Desenvolvimento Econômico e Turismo, o Convention & Visitors Bureau, a Comissão de Desenvolvimento e Turismo da Câmara Municipal, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), o Sindicato do Comercio Varejista (SINDIVAREJO), o Sindicato das Indústrias da Construção Civil (SINDUSCON) e o Sindicato dos Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares de Mossoró, que uniram-se em torno desse objetivo.