Situada na Rua Santo Antônio, na Cidade Alta, é considerada a terceira igreja construída na cidade. Para Cascudo (1999), o mais antigo documento com referência explicita à Igreja de Santo Antônio data de 1763 e o provável término da sua construção ocorrera três anos depois; “data que se acha inscrita no alto da porta principal”, afirma Nesi (1994), em apoio à tese de Cascudo.

O templo, que era identificado no passado como a Igreja de Santo Antônio dos Militares e atualmente como a Igreja do Galo – referência ao ornamento situado no alto da sua torre – segundo Nesi (1994, p. 25), “destaca-se dos demais da Cidade, pelo seu porte e sua beleza. Na nossa arquitetura, constitui-se um belo exemplo do estilo barroco”. A edificação foi tombada, na esfera estadual, em 29 de março de 1983 e abriga em suas dependências o Museu de Arte Sacra, criado em 1989.